Brasil, segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018

Há uma semana do verão, tempo quente anima refrigeristas

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

A estação mais bonita e aguardada do ano pelos brasileiros está chegando. Principal sazonalidade do segmento de climatização, o verão começa na próxima quinta-feira, 21, às 13h28 (horário de Brasília).

Durante o solstício de verão, o hemisfério sul do planeta fica mais inclinado em direção ao sol – 23,4° para sermos exatos, tomando como base o eixo terrestre.

Como consequência, temos o dia mais longo e a noite mais curta do ano. Mas isso não se dá em todo o globo. No hemisfério norte, ocorre sempre o inverso daqui. Por lá, o solstício de verão é em junho.

A inclinação do eixo terrestre faz com que intensidades variadas de luz solar cheguem às diferentes regiões do planeta durante o movimento de translação.

No solstício de verão em dezembro, o hemisfério sul recebe mais luz do que em qualquer outro dia do ano – mas isso não quer dizer que o primeiro dia do verão é também o mais quente, como pensa a crença popular.

Os oceanos e a atmosfera absorvem os raios do sol e os irradiam novamente com o passar do tempo.

Embora o planeta absorva muita luz solar durante o solstício de verão, demora muitas semanas para liberar esse calor. Podemos fazer uma comparação com um forno. Quando o ligamos, demora para esquentar. Do mesmo jeito, quando o desligamos, é preciso esperar bastante até ele esfriar completamente.

Outro senso comum é de que durante o verão – e, especialmente, durante o fenômeno do solstício de verão – a Terra está mais perto do sol do que nos outros períodos do ano.

Na verdade, é a inclinação da Terra que tem maior influência sobre as estações. A distância física tem pouca relevância. Pode parecer loucura, mas, durante os solstícios, estamos o mais longe possível do sol.

O solstício de verão já foi celebrado por muitas culturas. Os egípcios projetaram a grande pirâmide de Quéops e a vizinha, a pirâmide de Quéfren, para que o sol se pusesse exatamente no centro delas durante o período. A visualização exata desse evento é possível a partir da esfinge.

Na América Latina, o fenômeno é comemorado por diversas culturas. A data representa um marco no calendário Maia e para os povos originários da região andino-amazônica.Comércio de ar-condicionado

Comércio de ar-condicionado

Segundo a Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Aquecimento e Ventilação (Asbrav), as vendas de sistemas de climatização devem crescer cerca 20% entre os meses de dezembro e janeiro, em relação ao mesmo período do ano passado.

Para o presidente da entidade, Eduardo Hugo Müller, a previsão traz novo ânimo para a indústria, que registrou forte retração no ano passado e em 2015.

“É um aumento importante, ainda mais depois de dois anos difíceis para o setor”, disse o executivo em comunicado distribuído à imprensa.

“O aumento da procura mostra que os consumidores voltaram a investir em conforto, depois de um período de recessão, em que as pessoas estavam evitando qualquer gasto fora do orçamento”, ressaltou.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Compartilhe.