Brasil, segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Vendas de ar-condicionado caem 50% em 2016

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Os últimos dois anos não apresentaram bons resultados para o setor refrigerista no sul do país. De acordo com dados da Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado Aquecimento e Ventilação (Asbrav), as vendas de ar condicionados tiveram queda de 50% em 2016, comparando com a comercialização de equipamentos de climatização em 2014.

“Em 2015, o setor já apresentou diminuição de 25%, comparando com as vendas e instalações de ar condicionado em 2014. Em 2016, estamos estabilizando os números do ano passado, somando 50% de queda”, salienta o vice-presidente da entidade, Eduardo Müller.

“A crise foi a grande responsável pela retração, pois os consumidores ficam com receio de investir em climatização e depois não conseguir pagar o investimento”, explica.

Apesar dos dados negativos, Müller lembra que existe um mercado favorável ao segmento de refrigeração no país, pois pesquisa de 2014 revelou que apenas 18% das residências brasileiras possuem equipamentos de ar condicionado e, por isso, a projeção para o ano que vem é de otimismo.


Fonte: Assessoria da Asbrav

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Compartilhe.