Brasil, sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Retrofit do R-404A aumenta margem de lucro da Frigofoods

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Em um segmento como o de distribuição de alimentos congelados, no qual se trabalha com margens de lucro bem apertadas – inclusive competindo com players desonestos que costumam adulterar o peso dos produtos injetando água neles –, o mínimo ganho faz uma enorme diferença para o caixa de empresas que operam respeitando a ética concorrencial e, sobretudo, os clientes.

Em busca de uma nova perspectiva econômica e de sustentabilidade, a Frigofoods, por exemplo, promoveu um processo-piloto de retrofit em uma de suas câmaras frigoríficas, trocando o hidrofluorcarbono (HFC) R-404A pelo Opteon XP40 (R-449A), um fluido refrigerante de baixo impacto climático desenvolvido pela Chemours.

Além de reduzir a pegada de carbono de sua operação, a conversão tecnológica proporcionou à empresa de Campinas (SP) uma economia de energia elétrica acima da média esperada, em função das propriedades termodinâmicas da substância à base de hidrofluorolefina (HFO) e de pequenos ajustes no sistema de refrigeração.

Em geral, a redução de consumo energético nesse tipo de retrofit é de 3% a 4%. No caso da Frigofoods, foi registrada uma economia de 9% de eletricidade,insumo que atualmente equivale a 8% de seu custo fixo.

“Num cenário em que o preço da energia tem se tornado cada vez mais alto, os empresários passam a olhar com atenção para a eficiência de suas operações”, diz o gerente de produtos fluorados da Chemours, Renato Cesquini, ao salientar que o Opteon XP40 vem sendo adotado por diversos supermercados brasileiros.

Há apenas um ano e meio no mercado e dona de equipamentos praticamente novos, a Frigofoods tem câmaras frigoríficas que juntas totalizam 800 metros cúbicos (em torno de 300 toneladas) de capacidade.

Segundo a companhia, o payback previsto sobre os investimentos na realização de um futuro retrofit no restante de suas câmaras frias e no túnel de congelados é de somente oito meses.

Opteon XP40

Opteon XP40, fluido refrigerante à base de HFO desenvolvido pela Chemours

“Além de proporcionar sustentabilidade ao negócio, que é uma bandeira da nossa empresa e um processo cada vez mais é demandado pelo mercado, a troca do fluido refrigerante nos deu este diferencial competitivo”, argumenta Pietro Moschetta, diretor de desenvolvimento de negócios da Frigofoods.

De acordo com o empresário, o mercado brasileiro, felizmente, já subiu de patamar na questão da sustentabilidade nas atividades de seus fornecedores, com clientes cada vez mais propensos a fechar negócios com quem compartilha desses mesmos princípios.

“Claro que o fato de nos tornarmos mais competitivos também foi decisivo para nossa rápida consolidação nesse segmento”, complementa.

A experiência com o Opteon XP40 foi tão bem-sucedida que Moschetta planeja promover retrofit nas outras câmaras frigoríficas e em seus três caminhões frigorificados.

O objetivo, obviamente, é diminuir ainda mais o consumo de energia elétrica em seus equipamentos, responsáveis por armazenar mais de 90 itens, como peixes, frutos do mar, carnes suína, bovina e de aves, além de legumes e pratos prontos congelados.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Compartilhe.