Brasil, sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Chemours construirá centro avançado de inovação

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
STAR - Universidade de Delaware

Parte do campus de ciência, tecnologia e pesquisa avançada da Universidade de Delaware

A Chemours anunciou que investirá US$ 150 milhões na construção de uma unidade pesquisa e inovação de 29 mil metros quadrados na Universidade de Delaware.

Segundo o comunicado distribuído à imprensa, a obra no campus de ciência, tecnologia e pesquisa avançada da instituição deve começar este ano e ser concluída até o início de 2020.

Quando estiver operando plenamente, o novo centro de pesquisa empregará 330 cientistas e técnicos.

“A Chemours quer ser a melhor do mundo no uso da química para desenvolver produtos e aplicações que atendam às necessidades de nossos clientes”, disse o presidente e CEO da companhia, Mark Vergnano.

“E possuir um centro de inovação de ponta e uma longa parceria de pesquisa com a Universidade de Delaware nos coloca em uma posição mais forte para atingirmos esse objetivo”, acrescentou.

Além de produzir fluidos refrigerantes utilizados em sistemas frigoríficos e na expansão de espumas, a Chemours fornece uma ampla gama de soluções químicas para as indústrias de plásticos, revestimentos e outros setores.

“A Universidade de Delaware está animada com o investimento da Chemours no campus em que estamos criando um futuro arrojado de inovação para nosso estado e região”, ressaltou o presidente da academia, Dennis Assanis.

Segundo ele, os alunos e professores da universidade não serão os únicos beneficiados por essa parceria. “Juntos estaremos tornando toda nossa economia mais forte e resiliente nos próximos anos”, avaliou.

A cerimônia de inauguração do projeto está marcada para 18 de dezembro, quando mais detalhes sobre o novo centro de pesquisa deverão ser revelados.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Compartilhe.