Brasil, quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2018

Trane lança chiller compacto para prédios existentes

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Chiller Agility Trane

Novo equipamento é ideal para salas de máquinas apertadas, diz fabricante | Foto: Divulgação

A Trane anunciou em janeiro o lançamento do Agility, uma linha de chillers centrífugos condensados a água desenvolvida para retrofits em edifícios comerciais com espaços limitados.

Segundo o comunicado à imprensa, o Agility é um resfriador de líquido completamente redesenhado para aplicações na faixa de 175 TR a 425 TR com um novo compressor e um trocador de calor diferente dos convencionais.

A máquina usa evaporadores de última geração e de alta eficiência exclusivos da marca, que reduzem seu tamanho em 25% e a carga total de refrigerante em até 25%, em relação a outros trocadores de calor de média pressão disponíveis no mercado hoje.

Leia também
JC lança chiller centrífugo mais eficiente do mundo
Trane amplia catálogo de mini-splits
Embraco aprova Opteon XP10 como alternativa ao R-134a

“O redesenho torna a linha Agility mais compacta, o que aumenta a facilidade de instalação e poupa tempo e dinheiro para os donos de imóveis comerciais”, disse Donny Simmons, presidente da área de aquecimento, ventilação e ar condicionado (HVAC) da Ingersoll Rand.

“Há milhares de edifícios existentes que estão no limite de sua vida útil ou além dela. A maioria dos chillers deles é menos eficiente do que os disponíveis hoje em dia e está instalada em salas de máquinas de difícil acesso”, acrescentou.

Devido ao seu valor integrado de carga parcial (IPVL, em inglês) ser 40% melhor do que o exigido pela Ashrae 90.1-2016 e à menor carga de fluido refrigerante, o Agility consome menos energia e ajuda a reduzir as emissões de gases de efeito estufa (GEE).

Segundo o fabricante, estes chillers fazem parte do portfólio de produtos EcoWise, composto por soluções mais eficientes disponíveis com refrigerantes de menor potencial de aquecimento global (GWP).

Por isso, a Trane ressalta que a nova linha também é otimizada para operar com o R-513A, uma mistura azeotrópica entre R-134a (44%) e R-1234yf (56%) comercializada pela Chemours como Opteon XP10.

De acordo com a indústria química, este fluido refrigerante atóxico e não-inflamável à base de hidrofluorolefina (HFO) tem um GWP de 573 e foi desenvolvido para substituir o hidrofluorcarbono (HFC) R-134a em equipamentos de refrigeração novos ou já existentes.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Compartilhe.