Brasil, segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018

Confiança atinge níveis recordes no HVAC-R

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

O otimismo entre os fabricantes de tecnologias de aquecimento, ventilação, ar condicionado e refrigeração (HVAC-R, em inglês) atingiu níveis recordes em todo mundo, de acordo com a última pesquisa anual de perspectivas econômicas da AHR Expo e do Ashrae Journal.

O estudo, realizado às vésperas da maior feira mundial do setor, revela que 89% das empresas estão prevendo um crescimento excelente ou bom este ano, 15% a mais do que em 2017.

Este otimismo em relação a 2018 resultou em previsões de vendas mais elevadas para a indústria, com 74% dos entrevistados – ante 65% em 2017 – prevendo taxas de crescimento superior a 5%.

A previsão para 2018 é vista como mais impressionante ainda, principalmente se a expansão do setor registrada no ano passado for levada em conta.

Leia também
Contrariando atual cenário, Mecalor cresce mais de 60%
Comércio exterior impulsiona crescimento da indústria do frio

Em 2017, as vendas do segmento aumentaram significativamente (mais de 10%) para 34% das organizações que responderam à pesquisa.

Isso representa um aumento de mais de 50% em relação a 2016, quando apenas 23% das empresas reportaram crescimento superior a 10% de suas vendas.

Ao todo, 69% das empresas relataram aumento das vendas em 2017, contra 57% em 2016.

Os participantes da pesquisa se mostraram mais otimistas em relação às áreas de equipamentos residenciais e comerciais leves, edifícios de escritórios e fábricas, com 70% prevendo um crescimento excelente ou bom nesses segmentos.

Indústria de ar-condicionado

Fabricantes estão otimistas com as áreas de equipamentos residenciais e comerciais leves, edifícios de escritórios e fábricas. Foto: Nando Costa

Em seguida, vêm as áreas de comerciais pesados, escolas e edifícios institucionais, centros de dados/telecomunicações e hospitais, nas quais entre 60% e 69% dos entrevistados preveem um crescimento excelente ou bom.

Para os outros mercados, 50% dos entrevistados disseram esperar um crescimento excelente ou bom em 2018.

Uma mudança no panorama econômico para 2018 é que o mercado de novas construções foi identificado como o mais relevante motor de crescimento, em oposição ao nicho de manutenção/retrofit, que era visto como o maior propulsor em 2017.

O mercado de novas construções foi citado por 45% dos entrevistados como o motor de crescimento para 2018.

Em 2017, apenas 30% dos entrevistados acreditavam que as novas construções seriam as grandes responsáveis pela expansão do HVAC-R.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Compartilhe.