Uma cadeia de ilhas vulcânicas de baixa altitude e atóis de coral no Oceano Pacífico central, entre o Havaí e as Filipinas, as Ilhas Marshall foram o primeiro país a ratificar o Acordo de Kigali para eliminar os hidrofluorcarbonos (HFCs) no âmbito do Protocolo de Montreal. O parlamento local aprovou a medida na terça-feira passada (28/2).

“Meu país não sobreviverá sem uma ação urgente para reduzir as emissões de todos os países e de todos os setores das nossas economias”, disse a presidente marshalesa, Hilda Heine.

“A rápida ratificação da emenda de Kigali é mais uma demonstração do nosso compromisso com o Acordo de Paris. Agora, precisamos que outros façam rapidamente o mesmo para ajudar a limitar o aumento da temperatura global em 1,5 ° C neste século”, acrescentou.

O pacto climático acertado na capital de Ruanda, em outubro do ano passado, abre o caminho para o consumo de HFCs sofrer um corte de 80% nos próximos 30 anos. “Este acordo é bom para o nosso povo, o planeta e os lucros daqueles que seguem os nossos passos”, salientou.


Foto: Stefan Lins – CC BY 2.0

 

Comente: