Brasil, quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Revista homenageia cientista que influenciou Acordo de Kigali

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

O doutor Guus Velders, um dos cientistas cuja pesquisa climática levou ao acordo global para eliminar os hidrofluorcarbonos (HFCs), está na lista das 100 pessoas mais influentes da revista Time deste ano.

Professor de qualidade do ar e interações climáticas da Universidade de Utrecht e do Instituto Nacional Holandês de Saúde Pública e Meio Ambiente, Velders calculou que a redução dos HFCs poderá evitar um aumento de até 0,5 °C na temperatura média do planeta neste século.

Esta pesquisa e outras análises semelhantes forneceram o fundamento científico para a emenda de Kigali ao Protocolo de Montreal, acordo fechado em outubro, na capital de Ruanda.

“Este pacto é a maior contribuição até agora para manter o aquecimento abaixo da barreira de 2 °C”, disse Durwood Zaelke, presidente do Instituto de Governança e Desenvolvimento Sustentável (IGSD, em inglês), um grupo político sediado Washington. “É certo dizer que o mundo não teria conseguido isso sem Velders e sua equipe”, salientou

“Pelas minhas contas, o dr. Velders foi autor principal ou coautor de metade dos estudos científicos que convenceu as partes a alterarem o Protocolo de Montreal”, acrescentou Stephen Andersen, diretor de pesquisa da IGSD.

Em dezembro de 2016, Velders foi reconhecido pela revista Nature como uma das dez pessoas mais importantes do ano.


 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Compartilhe.