Brasil, segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Europa reduz emissões de HFCs

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

A substituição dos fluidos refrigerantes de alto impacto climático e os esforços para reduzir vazamentos resultaram em uma queda nas emissões de hidrofluorcarbonos (HFCs) na União Europeia em 2015, interrompendo uma série de aumentos significativos registrada desde 1990.

Enquanto as emissões totais de gases de efeito estufa (GEE) da Europa aumentaram 0,5% em 2015, dados mais recentes da Agência Europeia da Energia revelam uma redução nas emissões de gases fluorados entre os 28 estados membros do bloco econômico.

A redução dos HFCs é atribuída, principalmente, à indústria de refrigeração e de ar condicionado, que responde por 82% das emissões desses fluidos refrigerantes.

As emissões de HFCs atingiram 108 milhões de toneladas equivalentes de dióxido de carbono (MtCO2e) em 2015, ante 113 MtCO2e emitidas ano anterior. Atualmente, os HFCs representam apenas cerca de 2,5% das emissões totais de GEE da UE.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Compartilhe.