O Wisemotion, primeiro compressor sem óleo para aplicações residenciais do mercado, garantiu à Embraco o terceiro lugar na sexta edição do Prêmio Stemmer, que tem como objetivo reconhecer os esforços e resultados de pessoas, instituições e empresas na criação de produtos e processos inovadores.

Desenvolvido em parceria com universidades catarinenses, o equipamento, que usa 50% menos matéria-prima na sua fabricação, é um exemplo de inovação disruptiva. Segundo a multinacional sediada em Joinville, foram dez anos de pesquisa e mais de 100 engenheiros envolvidos, gerando 80 patentes depositadas.

Da esquerda para a direita, os pesquisadores sêniores Dietmar Lilie e Rinaldo Puff com o gerente de P&D da Embraco, João Ernesto Schreiner

Os pesquisadores sêniores Dietmar Lilie e Rinaldo Puff com o gerente de P&D da Embraco, João Ernesto Schreiner

“O produto pode economizar acima de 20% de energia em refrigeradores quando comparado aos compressores de alta eficiência energética disponíveis no mercado global”, diz o pesquisador Rinaldo Puff, chefe da equipe responsável por seu desenvolvimento.

Atualmente, o fabricante de compressores herméticos detém 1.600 patentes e investe de 3% a 4% da sua receita líquida anual na área de inovação tecnológica, composta por 40 laboratórios, mais de 500 profissionais e parcerias estratégicas com universidades e institutos de pesquisas em vários países.


 

Comente: