Brasil, segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018

Companhia de transporte marítimo adota Opteon XP10

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

A companhia de navegação Hapag-Lloyd comprou mil contêineres refrigerados com o fluido refrigerante Opteon XP10 (R-513A), uma mistura azeotrópica e não inflamável desenvolvida para substituir o hidrofluorcarbono (HFC) R-134a em diversas aplicações, incluindo chillers e sistemas de refrigeração comercial.

Parte de um pedido de 3,7 mil unidades feito à Maersk, o investimento representa a primeira grande implantação de contêineres usando a substância de baixo impacto climático à base de hidrofluorolefina (HFO) fabricada pela Chemours.

“Reduzir as emissões de carbono é um objetivo fundamental na nossa agenda de sustentabilidade e acreditamos no potencial de refrigerantes ambientalmente amigáveis como um elemento importante para alcançar isso”, comentou o diretor sênior da Hapag-Lloyd, Niklas Öhling.

As novas unidades de refrigeração da Maersk estão sendo fabricadas desde julho e podem ser fornecidas já carregadas com Opteon XP10 ou otimizadas para conversão a qualquer tempo, sem nenhuma modificação no sistema.

De acordo com o fabricante, os modelos fabricados antes julho também podem ser convertidos para funcionar com o R-513A, após pequenas modificações.

Para atender ao aumento da demanda no setor de transporte refrigerado, a Hapag-Lloyd usará a tecnologia de atmosfera controlada (AC), que restringe a concentração de oxigênio, gás carbônico e etileno nos contêineres, permitindo que frutas e hortaliças sejam transportadas por períodos mais longos e alcancem seu destino em condições ideais.Frutas refrigeradas

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Compartilhe.